Fazer logo gratuito, será que compensa?

Logo gratuito será uma boa só pra começar a empresa? Mais para frente eu contrato um profissional. Será?

logo gratuito

Logotipo ou logomarca?

Primeiro gostaria de desmistificar uma dúvida que na verdade é um tanto tola, mas ainda tem designers que discutem isso, acho que para o cliente é irrelevante, mas vamos lá…

Afinal é logotipo ou logomarca? Há quem fale que são as mesmas coisas, mas quebrarmos a palavra em dois fica mais fácil entender.

logo = Vem do grego e significa conceito, significado.

marca = Vem do Germânico Marka e é definida como significado.

Então o termo logomarca é tido como redundante pela maioria dos profissionais. Pois em sua definição seria significado dos significados. O termo logotipo é mais aceito entre os profissionais.

 

O custo de um logotipo

Bom resolvido esse imbróglio, eu gostaria de fazer você pensar na importância do logotipo, pois ao contrário do que muitos pensam o logo acaba sendo um dos investimentos mais baratos da empresa, pois é algo que é feito uma única vez e se for bem feito no máximo poderá sofrer reestilizações em um futuro muitas vezes distante.

Imagine você que a logo traz sensações diferentes, uma logomarca de sabão e pó por exemplo tem uma sensação totalmente diferente de um fast food, então é necessário tomar cuidado com as cores, traços e os conceitos envolvidos na criação.

Se você quer fazer por exemplo uma loja popular e faz uma marca que arremete a um produto classe A, é possível que você espante clientes pela sensação trazida da sua marca, e o inverso também acontece.

A verdade é que no Brasil não é fácil começar um negócio, as cargas tributárias são altas, a concorrência muitas vezes é desleal, a burocracia da abertura da empresa, enfim os custos pesam bastante no orçamento e muitas vezes nos vemos tentados a cortar custos e erroneamente acabamos cortando do marketing e criamos o logo em aplicativos ou até mesmo sites da web que fazem logo com preços baixíssimos. Mas se você vai abrir um negócio então já sabe que se o preço é muito barato dificilmente é um bom produto ou profissional que está fazendo a marca da sua empresa. A regra sempre é válida: Desconfie do muito barato e do muito caro!

 

A escolha do nome

Certamente você já deve ter visto a pessoa que abriu uma lanchonete na esquina de um quarteirão e colocou o nome “Eskinão do Lanche” por exemplo. Só que depois de um tempo essa empresa se muda e o novo lugar já não é mais na esquina.

Tem uma história de uma pessoa que começou revendendo peças da ford e colocou o nome da empresa de “Ford Autopeças” e hoje ela vende peças de todas as marcas mas tem problemas, pois os clientes não conseguem assimilar, o nome depõe contra.

Conheço uma outra empresa que tem em seu nome o termo informática, mas ela não vende mais informática o que também causa uma tremenda confusão e demanda maior investimento em marketing para poder passar a mensagem correta. Ou ainda aquele que começou seu negócio por exemplo na rua Trajano e colocou o nome na sua empresa de “Trajano Lanches” e hoje já não está mais no mesmo local, ou seja pense bem no nome que você vai colocar.

Algumas dicas na escolha do nome:

- Evite nomes de que remetem a religião ou santos, tente ser o mais neutro possível nesse assunto.

- Evite nomes grandes, difíceis de pronunciar ou escrever, você vai ver que por telefone vai ser trabalhoso passar seu e-mail.

- Pesquise termos, junções, procure em outros dialetos, indígenas, enfim use sua criatividade.

- Pesquise no Google por esse nome para ver se não existe outra empresa.

- Pesquise no site registro.br para ver se o domínio está disponível.

- Pesquise no INPI para verificar se já não existe o registro da marca.

- Se a empresa é nova use um slogan ou um nome que diga exatamente o que você faça, evite nomes genéricos por exemplo: Matias - Soluções Empresariais (O Soluções empresariais é lindo de se falar, mas não dá pra saber o que a empresa Matias faz exatamente)

 

Design do Logo

Você já deve ter ouvido o termo “menos é mais”. Pois bem isso é bem verdade para o logo, é possível fazer algo simples, bonito e criativo. Ao colocar muito detalhes na marca você terá problemas quando for fazer uma letra caixa por exemplo.

Evite símbolos pequenos demais, pois quando você for fazer uma redução da marca, como uma caneta, ele ficará ilegível.

Use fontes de fácil leitura, deixe as letras muito trabalhadas para a Coca Cola e para convites de casamento. Fuja das muitas cores, quanto menos cores em um logo mais fácil e barato ficará seus trabalhos.

 

Trabalhe o Branding

Branding são ações que visam tornar a sua marca conhecida, as grandes marcas têm consciência da importância de trabalhar o Branding, mas frequentemente os pequenos empreendedores não levam isso a sério.

Imagine você que ao assistirmos um jogo de futebol na televisão na lateral do campo tem o simbolo da Nike, muitas vezes não está escrito nada é só o símbolo. Muito provavelmente no dia seguinte a exibição do jogo a Nike não experimentará um boom de vendas, mas isso agrega valor a marca dela. Veja a imagem que ilustra esse post, um café sem marca custa em torno de R$ 1,50 mas um café com uma marca famosa, pode custar 5 vezes mais. A marca agrega valor e cria uma percepção sobre o seu produto, o trabalho de branding é importantíssimo sobretudo para resultados ao longo prazo.

 

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de